quarta-feira, janeiro 12, 2011

The Black Swan----










Oiii gente!
Tudo bom?
Eu assisti o filme... Comprei aqui em Brasília. Bem, ao contrário do que muitas pensam (e eu também pensava), o filme se trata de uma história no qual uma dançarina confusa e obcecada pelo ballet torna TUDO ao seu redor algo opressor e alucinante... Isso mesmo! Se eu pudesse definir o filme com apenas uma palavra diria que ALUCINANTE se encaixaria perfeitamente em seu contexto...

Esperava um filme com uma trama de suspense e tudo mais... Mas além disso ele possuía um história cheia de sensualidade, e sinceramente? OPRESSÃO.



Não foi o tipo de filme que eu diria que foi o "melhor". Podem até me criticar, mas francamente não foi um filme extremamente interessante para mim quanto para outras bailarinas talvez.Não que eu não saiba apreciar um bom filme de suspense... Sei sim e muito bem! Mas "O Cisne Negro", me deixou meio que desanimada.
A trama em si, não é ruim. E o contexto poderia ser aplicado a qualquer cotidiano extremamente competitivo e exigente. Não só as bailarinas, as ginastas e outros milhares de atletas, também passam por essa extrema corrida pela perfeição, que na maior parte das vezes, assume caminhos tortuosos.

Ao meu ver, a história poderia ter tido uma certa sutileza para lidar com algumas cenas...Mas enfim.Para mim,felizmente o ballet não é isso. É algo árduo sim, que exige muito esforço e dedicação, mas não deixa de ser uma arte libertadora, no qual você se sente feliz. A essência do filme em si, faz parecer que a dança é algo  que para alguns (Nina) pode ser compulsivo,doentio.O caso de Nina é específico e podemos perceber o TOTAL descontrole emocional dela perante os fatos.



Não podemos deixar de afirmar que Natalie Portman fez um excelente trabalho com esse personagem. Que além de ousadíssimo no aspecto emocional, também foi assim (logicamente) no físico. Teve de treinar por horas e horas afim de conseguir retratar a perfeição de Nina, mas ainda assim teve dublês (afinal, ninguém é tão perfeito assim!)




A personagem é EXTREMAMENTE confusa e insegura...Discordo da perspectiva de que a personagem trata de uma realidade de todas as "primeiras bailarinas de grandes companhias", pois sei que todas elas possuem uma grande responsabilidade e é óbvio um enooorme talento, e acredito que muitas delas não pensam dessa forma. Nina era um caso á parte, já que simplesmente não conseguia  lidar com a pressão de não conseguir ser um cisne negro.Porém pouco a pouco, Nina resolve desesperadamente encontrar aquilo que seria seu alter ego, ou o seu Cisne Negro interior, escondido naquilo que não envolvia somente sua interpretação de Odile mas sim a sua VIVÊNCIA.



Bem, essa foi a minha opinião do filme. Realmente AMO o Lago dos Cisnes. É um liiindo espetáculo. Talvez seja o mais bonito de todos...haha. É justamente esse lado cheio de fantasia, que me conquista, nessa história. E isso, o filme não deixou de retratar. O momento mais trágico de Odette, foi realmente muuito bem feito. E todas as demais partes do espetáculo, em si, foram maravilhosas.

Espero que tenham gostado!

Beeijos



:) Com Carinho,

Jade C.

7 comentários:

  1. Olá Jade!Vc como dona do blog expôs sua opinião e eu como leitora assídua vou expor a minha!hehe

    Não ví o Filme e também não acho o ballet algo opressor,mas de certa forma eu (repito:eu) acho que é um fardo sim.Se não fosse não nos exigiriam emagrecer.Se não fosse não nos exigiriam perfeição.

    Contudo fico feliz de pelo menos que os filmes de dança tem sido mais assíduos neh?
    Beeijos e o Blog esta ótimo!

    ResponderExcluir
  2. Oi May!
    Obrigada por comentar e pelos elogios :) !
    Eu sabia que talvez esse post pudesse gerar uma certa polêmica. Mas gostei de você também expor sua idéia. Mas para mim o ballet não é um Fardo no sentido de algo que pesa excesssivamente a sua vida, de maneira inapropriada. Existem outros sentidos para fardo como carga, ou coisa difícil de suportar.Mas no meu ver, o ballet é algo difícil sim, mas por termos escolhido fazer deixa de ser um fardo algo extremamente pesado em nossas vidas... O ballet nos exige esforço e por isso NÓS impomos perfeição a nós mesmas.NÓS sentimos necessidade de emagrecer subitamente para adquirir um padrão sendo que a dança não devia ser assim. NÓS escolhemos se a dança será ou não um fardo para nós. E eu escolhi que ela não é e não será. Não importa o quão difícil e árdua ela seja, continuarei dando o meu melhor e principalmente amando e me DIVERTINDO ao fazê-la. Diferente do filme, entende?

    Mas enfim, agradeço muuuuito por acompanhar o blog, viu May?

    Beiijooos :)

    ResponderExcluir
  3. Ola, obrigada pela visita. Acho que de uma maneira geral, esse filme ja entrou para a historia dos filmes de ballet, nao? Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Com certeza, Ana.
    É um filme, que de uma maneira ou de outra ABALOU as indústrias cinematográficas de ballet. E tem algo q vc disse em seu blog que realmente concordo: "The Black Swan não é um filme de ballet ou para bailarinas." kkkkk'

    Fiquei um pouco assustada. kkk'

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Jade!
    Adorei o seu blog e gostei muito do que vc escreveu sobre o filme Black Swan!!!!
    Confira o que escrevi no meu blog em opinião também!
    www.balletmschocolate.blogspot.com
    Até mais!
    Ms. Chocolate

    ResponderExcluir
  6. Querida, eu fui como a Nina, digo.. Não sou bailarina, mas tive anorexia e bulimia, e sinto que é sobre isso que o filme se trata... Quando a pessoa tem uma mente... hum... fraca, ela sofre com isso... E essa é a Nina... Essa fui eu :) Achei interessante seu post mas senti a necessidade de expressar aqui minha opinião... Com amor... Liice'

    ResponderExcluir
  7. Obrigada por expressá-la Lice!! Seja sempre bem vinda ao blog!! :)

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails