domingo, outubro 09, 2011

Bailarinas (os) profissionais que começaram na adolescência. Parte II

Olá meninas! Hoje trouxe a continuação do post anterior, que fala a respeito de bailarinas (os) que começaram na adolescência e hoje fazem bastante sucesso,e são extremamente prestigiados em seu ramo. Esses posts foram retirados de um blog que encontrei recentemente, o Begginer Ballerina, que possui execelentes dicas...
Espero que gostem.

"Bailarinos profissionais que começaram como adolescentes # 2


Misty Copeland: Solista, começou aos 13 anos no ballet


Misty Copeland não conhecia o ballet de verdade até seus 13 anos. Seus professores de balé e sua mãe tinham compartilhado a tutela sobre ela, o que resultou num julgamento que, eventualmente,a emancipou. Ela participou de vários ateliers de Verão na ABT, tornou-se membro da Companhia Studio, em 2000 e também uma membro do corpo de baile em 2001, e finalmente tornou-se um solista em 2007! Ela é conhecida como a segunda bailarina afro americana da ABT.

Kristi Boone: Solista, começou ballet aos 13 anos

Kristi foi colocada no ballet aos 13 anos, a única formação de dança que ela tinha era sapateado e jazz. Ela também fez ginástica quando era mais jovem, então ela teve alguma experiência lá também. Ela terminou o ensino médio cedo para se tornar uma membro da Empresa Estúdio ABT, e  então mais tarde, em 2007 ela se tornou uma solista. Ela também ganhou três medalhas de ouro no Prêmio New England Ballet.

Ela fala sobre iniciar na dança aos 13, dizendo: Este é um início tardio para a maioria dos bailarinos, mas acho que minha experiência em sapateado e jazz e um pouco de ginástica me ajudou com minha coordenação. E eu sabia que tinha que trabalhar mais do que ninguém para conseguir ",. Kristi é verdadeiramente inspiradora.

Darcey Bussell: * Prima * Bailarina, começou a treinar sério aos 13 anos
Darcey só começou a tomar ballet a sério aos 13 anos, quando ela começou a estudar balé na Royal Ballet School. Não se tratava apenas de idade contra ela,pois ela também é excepcionalmente alta para uma bailarina. Ela ganhou o Prix de Lausanne, fez história como a mais jovem bailarina, e foi premiada com a OBE.


David Hallberg: Dançarino Principal, começou o treinamento formal aos 13 anos
Embora David tenha tido aulas de jazz e de sapateado com 10 anos, ele não começou seu treinamento formal de ballet até que ele tinha 13 anos! Ele então foi aceito na Escola de Ballet do ópera de Paris após 4 anos de treinamento intenso. Em 2000 ele se tornou parte da empresa ABT Studio e, em seguida, tornou-se um membro do corpo de baile do ABT, em 2001. Em seguida, ele se tornou solista e diretor em maio de 2005.


Calvin Real III: ABT II, começou o treinamento formal aos 14 anos

Calvin começou seu treinamento ballet formal no Condado de Pinellas Center for the Arts na Gibbs High School. Sua carreira decolou quando tornou-se finalista na conhecida competição de dança, YAGP. Ele ganhou uma bolsa que lhe permitiu continuar os seus estudos de ballet na Escola Kennedy Jacqueline Onassis no American Ballet Theatre. Ele foi para intensivos que vão desde The Rock para Julliard.  Finalmente chegou a ABT em 2007.
Carmen Corella: ABT, Iniciada no ballet aos 13 anos
"Um dos mitos do balé é que as meninas devem começar a dançar na primeira infância, se quiserem ter alguma chance de se tornar profissionais  bem sucedidas. Não foi o que aconteceu a Carmen Corella. Na idade de treze anos, em sua cidade natal, Madri, na Espanha, Carmen estava totalmente mergulhada no mundo do basquete e não tinha intenção de dançar, e na verdade ela tinha tentado aula de balé quando criança e não gostou .
Então,muitos bailarinos que foram iniciados em sua formação de ballet como um adolescentes ou que realmente só começaram no ballet como adolescentes. Antes de escrever este post, eu realmente pensei que alguém que comece aos 13 não teria chance de se tornar um profissional. Eu estava COMPLETAMENTE errada! Para alguém como eu que só quer tornar-se avançada no ballet, ouvir que alguns iniciantes tardios tornaram-se profissionais é uma enorme inspiração. Espero que seja para você também.
GRANDE ABRAÇO."


Jade C.

10 comentários:

  1. Nossa Jade!Que lindo o tema que vc escolheu para abordar!Mesmo não querendo me profissionalizar em dança,isso me deu animo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada May!
    Espero que realmente tenha sido útil para todas vocês!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. amei ( de novo) kkkkkk
    esse post é realmente muito inspirador :)

    beijos e até!!!!

    ResponderExcluir
  4. Super parabéns pelo post!!! :)
    Foi muito bem pesquisado.
    E como estão suas aulas Jade?
    bjs!!

    ResponderExcluir
  5. Muuuito Obrigada Tha!! Saudades de você por aqui!
    Estão ótimas as minhas aulas...
    Treinando muuuito!

    haha :D

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Queria ser assim! Poxa vida! Pq q eu num tenho a mágica que essas pessoas tem?? Mas também olha onde eu vim nascer! Brasil! Se ao menos tivesse tantas companhias de balé como tem de times de futebol! Talvez eu fosse mais sortuda!

    ResponderExcluir
  7. Ainda vou conseguir ser tão incrível como eles são, ou mais...Isso não é sorte, ou mágica, é vontade, persistência, e coragem...Não vou desistir disso nunca, e acho que ninguém deve desistir de um sonho, por mais que esteja distante!!

    ResponderExcluir
  8. Adorei.Eu comecei a fazer ballet à 5 meses e tenho 13 anos.Estou agora na RAD (Royal acedamy of dance) e já participei em 4 espectáculos e quero muito ser bailarina profissional, mas não tinha muita fé nisso, mas agora já acredito que posso chegar ao meu sonho.

    ResponderExcluir
  9. Nossa,então ainda tenho esperanças :o :o haha, faço ballet à 2 anos e já consegui entrar para o Corpo de baile. Amei esse tema,amei o blog e sua forma de postar. beijao

    http://garotad0ce.blogspot.com
    http://bailarinas-piradas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Muito obrigada por ter feito esta matéria. Eu fiz ballet quando er bem pequena mas apenas por 2 anos. Continuei dançando outras coisas, mas só voltei para o ballet aos 11 anos. No começo, não almejava muita coisa. Agora com 14 anos e passados 3 anos de ballet numa escola pequena, decidi que quero ser profissional. Estou procurando escolas e, apesar de muitos dizerem que eu tenho muito talento, outros sempre me dizem que sou muito velha para começar a fazer ballet profissional. Saber que tantos bailarinos que admiro começaram tarde me deixa mais motivada. Por isso, quero lhe parabenizar por essa matéria pois me inspirou e aposto que a muitoas outras pessoas também.
    Bjs, Lua

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails